José Gomes Filho, coordenador de Política de Promoção da Igualdade Racial e membro do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Montes Claros critica a lentidão das autoridades no combate a apologia ao nazismo (foto: divulgação).

A Coordenadoria de Política de Promoção da Igualdade Racial e o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Montes Claros solidarizam com o Conselho Municipal da Igualdade Racial de Divinópolis e repudiam com veemência a ação criminosa ocorrida durante a 1ª Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Divinópolis, realizada na última quinta-feira (10), quando foi invadida com publicações de saudações nazistas, suástica e imagens pornográficas.

Leia também:

Ataques nazistas interrompem Conferência de Igualdade Racial de Divinópolis

Para o Coordenador de Política de Promoção da Igualdade Racial e membro do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Montes Claros, José Gomes Filho, qualquer apologia ao nazismo é inadmissível e precisa ser combatido.
“Estamos solidários com os companheiros de Divinópolis e repudiamos esta invasão neonazista durante a 1ª Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial, promovida pelo Conselho Municipal da Igualdade Racial divinopolitano. Mesmo sendo crime inafiançável e imprescritível a veiculação de símbolos, ornamentos, emblemas, distintivos ou propaganda relacionados ao nazismo no Brasil, este tipo de violação vem acontecendo com frequência nos últimos anos. E, lamentavelmente, nossas autoridades estão muito lentas para punirem estes criminosos”, repudiou José Gomes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − um =